sábado, 31 de maio de 2008

Congresso da UJS aprova: “Fora Juiz da 178”

O 14º. Congresso Estadual da União da Juventude Socialista (UJS), que reúne cerca de 500 jovens de todo o Paraná, acabou de aprovar uma moção de repúdio ao juiz Benjamin Acácio de Moura, da 171º. (178) Zona Eleitoral, que proibiu a realização de campanha eleitoral na Boca Maldita de Curitiba. O evento está sendo realizado neste sábado no Setor de Saúde, no Hospital das Clínicas, da Universidade Federal do Paraná.

A Boca Maldita é um tradicional ponto de manifestações na capital paranaense. Lá aconteceram as memoráveis jornadas pelas Diretas Já, impeachement do Collor e onde acontecem as distribuições de santinhos de campanhas eleitorais.

O vice-presidente municipal do PCdoB curitibano,Joel Benin, exortou a juventude a se levantar contra essa decisão antidemocrática. “É uma ação que atenta contra a democracia e precisa ser duramente combatida pelos partidos políticos e pela sociedade, em defesa das liberdades democráticas”.

O Congresso da UJS deverá aprovar uma passeata na Boca Maldita contra o juiz Benjamin Acácio de Moura. “Vamos aprovar a realização de uma passeata nos próximos dias, na Boca Maldita, contra essa decisão ridícula e antidemocrática”, disse Arilton Freres, presidente da UJS. Leia mais...

Beto, um candidato frágil

A pesquisa encomendada pelo Partido Verde mostra que se as eleições fossem hoje, o prefeito Beto Richa seria reeleito já no primeiro turno. Mas não é essa a avaliação do governador Roberto Requião que, com base em pesquisas internas, garante que a situação do atual prefeito é muito frágil.

-- Ele tem um número muito baixo de indicações, de voto firme. É o mais popular entre os candidatos até porque tem toda a mídia da prefeitura. Enquanto o Estado há dois anos não gasta um tostão ele gasta milhões e milhões de reais em publicidade pessoal. Mas, sob a análise da pesquisa, ele é um candidato muito frágil. É preciso que a oposição lance seus candidatos e coloque na rua as suas críticas. Eu não tenho nenhuma dúvida que vamos ter mudança na prefeitura de Curitiba, espera o governador.

Basta um mês de campanha

O governador Roberto Requião disse que não tem dúvida que com um mês de campanha eleitoral, a situação estará redefinida.
-- Quando na campanha começarem a aparecer os desvios, os desgastes, as denúncias ... essa denúncia contra o Jaime Lerner, agora, por exemplo, formação de quadrilha, desvio de dinheiro pra campanha. Campanha de quem? Quem era o candidato do Lerner se não era o Beto Richa. Isso tudo vai surgir no processo eleitoral, então eu acredito que num mês de campanha a situação está redefinida e, como curitibano, espero um prefeito sério, uma prefeitura transparente, disse o governador. Hoje, na coluna da jornalista Roseli Abrão.

A praça é do povo como o céu é do avião. Mas em Curitiba não, coração!


Esta medida do TRE de proibir campanha de rua está totalmente equivocada, pois prejudica os que não contam com muitos recursos para a campanha. Ora, não é no período da campanha que o candidato tem que dizer que é candidato? Vejam o absurdo:

"A Boca Maldita, no Centro de Curitiba, não será palco de propaganda eleitoral em outubro, com as tradicionais barracas dos partidos políticos, que distribuíam material de candidatos. O Largo da Ordem, a Avenida Manoel Ribas e a Via Vêneto, assim como terminais de ônibus são outras áreas que também estarão livres da propaganda eleitoral. Isso porque há legislação municipal proibindo publicidade partidária em uma série de localidades da capital paranaense, envolvendo o Centro, parte do Centro Cívico e de outras regiões da cidade." (Gazeta do Povo, hoje)

sexta-feira, 30 de maio de 2008

O prefeito Beto quer saber como vai você...

 Antonio Marcos - Antonio Marcos - Como vai você - Cigana Luiza










...Eu preciso saber de sua vida... Como você vai se virar dormindo na rua em noite de geada...
fotos: Paulo Rosa (30/05/08)

O jogo dos doadores de campanha do PT - I

Nas eleições de 2004, o Partido dos Trabalhadores (PT) declarou ao TRE R$ 3.767.135,00 gastos na campanha do deputado Angelo Vanhoni a prefeito de Curitiba. Ele somou 408.163 votos. Praticamente R$ 10,00 por voto.
Como já publicamos os doadores do prefeito Beto Richa (PSDB), nada mais justo do que o Magna Curitiba repetir a dose para o PT. Como sempre, vamos por partes. A lista é longa. Notem que, em 2004, o escândalo de mensalão era algo impensável.

O jogo é simples:
Ganha quem apontar o maior número de doadores que, de uma maneira ou outra, foi citado na investigação em Brasília.

BS COLWAY PNEUS LTDA. R$ 280.000,00
DIRETÓRIO NACIONAL - PT R$ 214.000,00
CAMARGO CORREA EQUIP. S/A R$ 200.000,00
TV TECNICA VIARIA CONSTR. R$ 160.000,00
UTC ENGENHARIA S/A R$ 150.000,00
FOTOLASER GRÁFICA E ED. R$ 137.622,00
BRAFER CONSTRUÇÕES MET.R$ 130.000,00
MVC COMPONENTES PLÁST. R$ 110.000,00
CIMENTO RIO BRANCO S/A R$ 100.000,00
BANCO ITAÚ S/A R$ 100.000,00
PARANÁ BANCO S/A R$ 100.000,00
BMG LEASING S/A R$ 100.000,00
CONSTRUTORA TRIUNF R$ 100.000,00
SIRAMA PART. R$ 100.000,00
ESSENCIS PROCESSAMENTO R$ 100.000,00
CIMENTO ITAMBÉ R$ 100.000,00
GERDAU - AÇOMINAS S/A R$ 100.000,00
CASC. ADM. SHOPPING CENTER R$ 100.000,00
CONSTR. COM. CAMARGO CORRÊA R$ 100.000,00
DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PT - CURITIBA R$ 99.500,00

Decifrando a cartilha eleitoral


O juiz da 178ª Zona Eleitoral, Benjamim Acácio de Moura e Costa, realiza nesta sexta-feira, às 14 horas, uma reunião com representantes de todos os partidos políticos da Capital.

O encontro tem por objetivo a divulgação das regras gerais para a propaganda eleitoral nas eleições 2008, em Curitiba.

Os partidos serão informados sobre o que poderão ou não realizar em suas campanhas eleitorais neste ano, em termos de publicidade de rua. A reunião será na sala de sessões do TRE, rua João Parolin, 224 - Prado Velho. Da coluna da jornalista Roseli Abrão.

Deputado prevê acidentes na Linha Verde


Alerta do deputado Cleiton Kielse (PMDB) na Assembléia Legislativa do Paraná sobre o magnífico projeto da Linha Verde em Curitiba que não contará com viadutos e trincheiras:

"Deputado Luiz Carlos Martins, meu amigo e colega, o senhor imagine uma senhora atravessando 12 pistas na BR-476 sem nenhuma passarela. Com um sinaleiro intermitente, em 80, 90 metros de distância. Vamos ter, realmente, uma seqüência de acidentes. Tomara que, realmente, esteja prevendo acidentes que não venham a acontecer. Mas tenho a convicção que os congestionamentos já são evidentes, eminentes." Leia mais...

Pronto para o sacrifício

O reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Carlos Moreira Júnior, concedeu entrevista coletiva hoje, às 11h, em seu gabinete. Ele falou sobre a sua exoneração do cargo para concorrer à Prefeitura de Curitiba. Os maldosos já chamam o reitor de agnus Dei.

A dura vida dos vereadores de Curitiba



Curitiba está tranqüila, pelo menos no imaginário de nossos legisladores. Efetivamente, a jornada deles é pesada, duras sessões de segunda à quarta-feira, a partir das 16h, para não perder o dia.

Enquanto isso, a turma do prefeito Beto, o Breve, faz e desfaz porque sabe que não está sendo fiscalizada e nossos estressados vereadores preenchem o tempo ocioso com uma pauta de oba-oba.

Veja os assuntos tratados e destacados hoje no site da Câmara:

Servidores têm orientação sobre osteoporose;
Abertas inscrições para segunda Sempat de Curitiba;
Cirurgião cardíaco tem trabalho reconhecido;
Esclerose múltipla pode ter semana de prevenção;
Ações pelos necessitados têm destaque na Câmara;
Reunião discute prevenção à violência;
Parcelamento de multa aprovado pela Câmara.

O vereador João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Câmara, deve se sentir presidindo um congresso médico!

Notem que o parcelamento das multas de trânsito, aplicadas pela Diretran, sai nas vésperas da eleição, que maravilha!
Mas sobre o fim da indústria da multa do prefeito Beto, o Breve, palavra alguma!

Derrota da ignorância. Vitória da Ciência














De vez em quando, e somente de vez em quando, a inteligência demonstra que não abandonou de vez a humanidade. As pesquisas com células-tronco embrionárias foram liberadas no País nesta quinta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF), dando sinal verde para a continuação dos estudos iniciados após a aprovação da Lei de Biossegurança, em 2005. No País, são pelo menos cinco projetos em andamento. Forças do atraso e ignorância, que se cobrem com o manto escuro medieval, como sempre, protestam.

O importante é pautar

quinta-feira, 29 de maio de 2008

FAS garante o rango com tickets refeição

A prefeitura de Curitiba pergunta na voz de Roberto Carlos: como vai você, eu preciso saber de sua vida, caro cidadão que mora nas ruas (são 2 mil em Curitiba)? Agora você pode desfrutar de mais uma comodidade: ticket refeição de R$ 6,00. Dá um PF (prato feito) da hora:

EXTRATO DE CONTRATO
Processo: Processo de Dispensa de Licitação nº 027/2008 - FAS.
Partes: FAS- FUNDAÇÃO DE AÇÃO SOCIAL e empresa SODEXHO PASS BRASIL SERVIÇOS E COMÉRCIO LTDA 3197

Objeto: Tem o presente por objeto a contratação de empresa para prestação de fornecimento de ticket refeição, na quantidade total de 4.000 (quatro mil) no valor facial de R$ 6,00 (seis reais) com 20 (vinte) unidades para atender o Programa Mutirão da Cidadania, pelo período de 08 (oito ) meses, conforme especificação e contidas na Dispensa de Licitação – DS nº 027/08 FAS, bem como da proposta da Contratada, datada de 22/04/2008, documentos que passam a fazer parte integrante deste instrumento.
Assinatura: 30/04/2008
Valor: O valor total de R$ 24.560,00 (Vinte e quatro mil e quinhentos e sessenta reais).

A farra do crédito adicional chega ao ICI


Pelo Decreto 408/08, o prefeito Beto, o Breve, abriu um crédito adicional suplementar de R$ 2 milhões para o Instituto Curitiba de Informática (ICI) para "atender despesas com terceiros, pessoa jurídica e material de consumo". Sabe-se lá deus como consegue o terceiro consumir tanta grana. Como diz o pessoal do Impacto "tem lingüiça debaixo desta farofa!".

Astronauta curitibano vende almofada


Ele conhece Curitiba como um minúsculo ponto em relação ao espaço, mas mesmo assim, e nos conformes da lei, temos cá nosso primeiro astronauta genuinamente curitibano. aposentado, hoje ele faz uns bicos como garoto propaganda de almofada.

LEI N° 12.721
de 13 de maio de 2008.
“Concede o título de Cidadão Honorário de Curitiba ao Sr. Marcos Cesar Pontes.”
A CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei: Art. 1º. É concedido o título de Cidadão Honorário de Curitiba ao Sr. Marcos Cesar Pontes. Art. 2º. Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
PALÁCIO 29 DE MARÇO, em 13 de maio de 2008.
CARLOS ALBERTO RICHA-PREFEITO MUNICIPAL

"É mais fácil filosofar em alemão"


A Prefeitura de Curitiba divulgou a foto do prefeito Beto, o Breve, em concorrida palestra na Alemanha. Talvez, a tradução simultânea, principalmente na língua alemã, possa ter elucidado o significado filosófico da máxima richaniana: "O ser humano é cada vez mais um ser urbano". Clique aqui e confira a análise do discurso do prefeito.

Não obstante as cadeiras vagas, a lógica perfeita e clareza, a retórica de um Crisóstomo que saiu de Curitiba para levar ao mundo o novo evangelho do sei-lá-entende fez o espírito dos ouvintes vagar do espanto ao transe mediúnico.

Que ironia: Palladium protegia a cidade!




A pedido de um leitor aqui do Magna Curitiba, amigo e grande radialista:

Qual a origem do nome palladium adotado por um shopping de Curitiba?

palladium tem origem no Latim: estátua de Palas, como era chamada Minerva pelos troianos, que a veneravam como a protetora de sua cidade. É citada na por Vergílio na Eneida (2, 166). Aqui aparece no Nominativo, neutro e pertence à 2ª Declinação. Genitivo singular Palladii.

Na Química aparece na forma aportuguesada Paládio (Pd), semelhante à platina, porém mais dúctil, não oxidável, por isso muito usado em ligas metálicas. Tem aplicações na medicina, odontologia e como catalisador na indústria petroquímica. N = 46.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Da série: Frases que abalaram a Vila Sésamo



"O ser humano é cada vez mais ser urbano"

Do prefeito Beto, o Breve, na Conferência das Partes sobre Diversidade Biológica (COP), promovida pela Organização das Nações Unidas, em Bonn, na Alemanha. Finalmente, alguém conseguiu entender as estatísticas do IBGE!

CLIQUE AQUI E LEIA O DISCURSO DE BETO RICHA NA CONFERÊNCIA DE BONN.




"Lutar, unir, para a jornada reduzir!"



O outro lado da notícia:




Os trabalhadores paranaenses e sindicalistas de diversas categorias atenderam à convocação das centrais sindicais CUT, CTB e FS e realizaram uma mobilização histórica nesta quarta-feira, 28 de Maio – Dia Nacional de Lutas pela Redução da Jornada de Trabalho, Sem Redução de Salários e pela ratificação das Convenções 151 e 158 da Organização Internacional do Trabalho (OIT).
A avaliação dos coordenadores da manifestação aponta que cerca de 1 milhão de pessoas foram envolvidas diretamente com as ações promovidas neste dia em todo estado. Leia mais...

Fechou o pau: PM x trabalhadores da Kraft



Manifestação dos trabalhadores da Kraft hoje pela manhã e a ação da RONE, em Curitiba.

Morre Carrano, o bicho de sete cabeças


Morreu na tarde de terça-feira (27), aos 51 anos, o escritor Austregésilo Carrano Bueno. Ele estava internado desde segunda-feira (26), no Hospital das Clínicas, na Zona Oeste de São Paulo. Ele morreu às 17h40 em razão de uma infecção generalizada resultado de um câncer no fígado. O trabalho mais conhecido de Carrano foi o livro "Canto dos Malditos", que originou o filme "Bicho de sete cabeças" (2001), dirigido por Laís Bodanzky e que tinha Rodrigo Santoro no papel principal.
No livro, Carrano Bueno narrava supostos abusos praticados em centros psiquiátricos em Curitiba e no Rio, dos quais era interno. A obra foi lançada no começo dos anos 90, foi reeditada pouco depois da estréia do filme e teve sua comercialização proibida pela Justiça em 2002, a pedido da família de um psiquiatra. Foi recolhida das livrarias do país e só teve permissão para ser reeditada no ano passado.
Segundo seu relato autobiográfico, Carrano Bueno foi internado aos 17 anos, em 1974, após seu pai ter encontrado uma trouxinha de maconha nos seus pertences. Ele narra, então, que era submetido a sessões de eletrochoque e a tomar medicamentos fortes, além do relacionamento difícil com os funcionários dos centros em que estava internado.
Como conseqüência dos anos de internação, segundo ele, houve problemas de visão e seqüelas no crânio. Carrano Bueno tornou-se mais tarde um dos símbolos do movimento antimanicomial. Em outra ação, o hospital Bom Retiro e a Federação Espírita do Paraná entraram com uma ação para que ele não fizesse mais palestras ou desse entrevistas sobre anos em que passou internado em instituições. A família de Carrano aguarda a chegada do corpo em Curitiba, onde ele será velado e enterrado, no Cemitério Parque Iguaçu. A previsão é que o enterro ocorra por volta das 17h. O escritor deixou filhos, dois irmãos e a mãe, Maria Carrano, de 70 anos. (G1).

Imbecil & Beócio


Imbecil - Estou mandando a resposta agora: vou estrear uma peça em Curitiba!

Beócio
- Que bom, mestre!

Imbecil
- Uma peça do Gerald Thomas, sem texto é lógico, eu sou péssimo em decorar textos! Ou outro besteirol qualquer, está na moda lá!

Beócio
- Mas mestre, o senhor não está duro, sem grana?

Imbecil
- Que nada. A Fundação Cultural de Curitiba, carinhosamente chamada pela população de Curitiba de FUCUCU, vai financiar tudo, hotel de primeira, rango...

Beócio
- E se não aparecer ninguém no teatro?

Imbecil
- A peça é o de menos, o que vale mesmo é a mordomia!

Beócio
- E tudo com o dinheiro do povo, genial mestre!


Leia aqui o edital da Fundação Cultural de Curitiba para contratar a mordomia.

Londrina a ver navios

O deputado federal André Vargas (PT), candidato a prefeito de Londrina, disse ao Diário Popular que o presidente Lula deverá participar mais diretamente das campanhas em Curitiba, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Fortaleza.

Em Londrina dificilmente Lula virá. Mais no blog do jornalista Claudio Osti.

DEM lança candidatura de Bertoldi


O lançamento da candidatura do deputado estadual Osmar Bertoldi a prefeito de Curitiba, pelo Democratas, reuniu cerca de duas mil pessoas, na noite de segunda-feira, no restaurante Madalosso, em Santa Felicidade.
O encontro teve a presença do presidente nacional do partido, deputado federal Rodrigo Maia (RJ); do presidente estadual, deputado Abelardo Lupion; da presidente do Mulher Democratas, deputada federal Nilmara Ruiz (TO), e do secretário da de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente no Distrito Federal, Cássio Taniguchi.
Além dos muitos candidatos a vereador, também figuraram entre os convidados os deputados federal Paulo Bornhausen (SC), Ronaldo Caiado (GO), Guilherme Campos (SP), o paranaense Eduardo Sciarra, e o presidente da Assembléia Legislativa do Paraná, deputado Nelson Justos. Mais na coluna de Roseli Abrão.

Beto, o Breve, e seu jeito tartaruga de governar


O prefeito Beto, o Breve, realmente gosta de obras pela metade. Por isso, a Marechal está sendo reformada pela metade, do centro até a Vila Hauer. Até o Boqueirão, que está bastante ruim, nem pensar.

As obras de revitalização da Marechal Floriano Peixoto, entre a Praça Carlos Gomes, no centro de Curitiba, e o encontro com a BR-476 – futura Linha Verde – completam cinco meses nesta quarta-feira (28). Até agora apenas um terço dos 4,3 quilômetros de extensão do trecho foi concluído. Durante este período os motoristas têm enfrentado dias de trânsito confuso com bloqueio de cruzamentos. Os comerciantes da região também reclamam da queda do movimento e do convívio diário nestes 150 dias com as máquinas e os operários no canteiro de obras. Mais...

AROEIRA

Mais escândalos financeiros na Itaipu

Deu no ABC de Asunción

Nuestro diario ha accedido a la resolución del Directorio Ejecutivo de Itaipú Binacional del 10 de mayo de 2007 por la cual la entidad transfirió a título gratuito 2,4 millones de dólares a la Fundación Tesãi en el lado paraguayo, con el fin de “restablecer su equilibrio económico-financiero”. La donación fue autorizada por todos los directores, incluidos Víctor Bernal, entonces director general paraguayo, y Jorge Samek, director general brasileño. Sin embargo, un año después, no solamente la institución sigue técnicamente quebrada, sino que su saldo rojo se incrementó... Leia mais na Gazetadenovo do Guilhobel.

terça-feira, 27 de maio de 2008

“Pede para sair, Moreira”, recomenda Rocha Loures

“Pare de constranger o governador”. É com esta frase que o deputado federal Rodrigo Rocha Loures, vice-líder da bancada do PMDB na Câmara e vice-presidente do partido em Curitiba, reafirmou hoje a sugestão que havia feito ontem para que o reitor Carlos Moreira Jr., um dos pré-candidatos do partido à Prefeitura da capital, nas eleições de outubro próximo, renuncie à disputa e poupe os peemedebistas de um vexame eleitoral e o governador Roberto Requião de um constrangimento público.

Segundo Rocha Loures, mesmo com mais de um ano de campanha ostensiva, o nome de Moreira não empolgou “nem o partido, nem o eleitorado”.

Ao comentar a primeira pesquisa de opinião divulgada no último sábado pelo Partido Verde, o parlamentar disse que, “com 0,8% de intenção de votos, o reitor Moreira não se elege nem vereador em Curitiba”.

Para o deputado Rocha Loures, “o Moreira tem que pedir para sair, pois ele vai atrapalhar a eleição dos vereadores do partido”.


CUT chama trabalhadores para Dia de Luta pela Redução da Jornada

A Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT) está convocando os trabalhadores para o Dia Nacional de Luta pela Campanha de Redução da Jornada de Trabalho sem Redução Salarial, que se realizará nesta quarta-feira dia 28 de maio, com a seguinte programação:
3h - Concentração na frente do HSBC da Marechal Floriano; fechamento de portas de fábrica, rodovias e garagens de ônibus; ·
9h – Concentração com passeata saindo da Praça Afonso Botelho (Praça do Atlético), de onde sairão em marcha pelas ruas do Centro da Capital, em direção à Praça Rui Barbosa. Nesse local acontecerá uma nova manifestação, prevista para terminar por volta das 13h.

Orçamento 2009 de Curitiba é de R$ 3,59 bi



A bandeja está pronta e o prato recheado para o próximo prefeito: serão R$ 3,59 bilhões guardados nos cofres da prefeitura


ipsis litteris conforme informa a Câmara:

A Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da Câmara de Curitiba aprovou, na reunião desta segunda-feira (26), o parecer pela admissibilidade do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2009. O documento prevê receita total de R$ 3,59 bilhões, com despesa estimada em R$ 3,548 bilhões e reserva de contingência de R$ 31,4 milhões.
Agora, segundo o vereador Luis Ernesto (PSDB), presidente da Comissão, do próximo dia 30 até 9 de junho será aberta a consulta pública. A comunidade poderá fazer consultas e encaminhar sugestões ao projeto à Comissão de Economia. Urnas serão colocadas nas administrações regionais da cidade e na Câmara de Curitiba. Também podem mandar as propostas pelo endereço eletrônico www.cmc.pr.gov.br.

Organograma
Após esta etapa, a Comissão de Economia fará audiência pública no dia 11 de junho, das 14h às 16h, no auditório do Anexo II da Câmara. Depois haverá prazo para recebimento de emendas, seguido de reunião para análise das emendas e votação em plenário. O projeto da LDO deve ser votado antes do recesso parlamentar de julho.
Da reunião desta terça-feira (26) participaram, além de Luis Ernesto, os vereadores Roberto Hinça (PDT), Dona Lourdes (PSB), Mestre Déa (PRTB), Aladim Luciano (PV), Felipe Braga Côrtes (PSDB) e Sabino Picolo (DEM). O vereador André Passos justificou sua ausência.

Câmara de vereadores torra dinheiro do povo em homenagens que podem render votos


Distribuir títulos de cidadania até mesmo para astronauta e inundar a cidade de cidadãos premiados com comendas “culturais, artísticas, científicas, desportivas e outras” custa aos cofres da Câmara Municipal de Curitiba R$ 87.820,00 pagos para MARIA LUIZA SANFELICE BOHLEN e mais R$ 9.700,00 mensais para HÉLIO CURY COMÉRCIODE ARTIGOS ESPORTIVOS LTDA. Todo mundo sabe que este expediente de homenagens e premiações é usado por nossos nobres vereadores para ganhar “visibilidade na imprensa” e gente agradecida que pode ser traduzida em votos. Enquanto isso, os grandes temas da cidade não estão sendo discutidos e a fiscalização do que deveria ser fiscalizado não ocorre. É por essas e outras que precisamos urgente de uma renovação na Câmara de Curitiba.

Prefeitura usa celular para se comunicar com a população de rua de Curitiba


Dados oficiais apontam mais de duas mil pessoas morando nas ruas de Curitiba. A Fundação de Ação Social de Curitiba, presidida pela primeira-dama Fernanda Richa, está muito preocupada com a situação deste povo, por isso está contratando empresa de telefonia móvel para falar com os desesperançados que se negam a ser ajudados. A MENSAGEM GRAVADA VAI SER A MÚSICA COMO VAI VOCÊ.

FUNDAÇÃO DE AÇÃO SOCIAL - FAS AVISO DE LICITAÇÃO MODALIDADE DE LICITAÇÃO: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 047/2008 - FAS OBJETO: “Prestação de serviços de telefonia móvel pessoal (SMP), para até 85 (oitenta e cinco) terminais telefônicos móveis individuais, com a cessão de uso dos respectivos aparelhos em comodato, para comunicação de voz local e de longa distância regional, nacional e em roaming internacional, tanto para fixo quanto para móvel, envio de mensagens de texto (SMS e MMS) e transmissão de dados (acesso à internet), no sistema digital póspago, com tecnologia GSM através de cartão ou SIM Card (chip) removível, e com abrangência de cobertura na cidade de Curitiba/ PR e Região Metropolitana. (Publicado no D.O.M 13/05/08)

Fique tranqüilo contribuinte, quem paga a conta é você.

"Telegama da China - telemotos"

Telegrama da China interceptado pelo Serviço de Inteligência do Magna Curitiba (SIMCU) dirigido ao prefeito Beto, o Breve, depois das autoridades locais observarem mais tremores de terra na região.


"PALEM DE FAZER BULACO NA LINHA VELDE VG
TELEMOTOS ATINGEM TODA LEGIÃO SINEZA VG
BALULHO MUITO, NINGUÉM DOLME PT"

PCC - PARTIDO COMUNISTA DA CHINA

O último filósofo de Curitiba I


Zé Coió, radialista aqui de Curitiba, pode ser considerado o último filósofo vivo da cidade. A partir de hoje passaremos a publicar suas máximas.


Sogra é igual onça. Todos têm que preservar, mas ninguém quer uma em casa.

Zé Coió, hoje, na Massa FM.

Na foto, meu amigo Otário aproveitou o último feriadão para um mergulho em Caiobá. Notem que, acompanhado pela sua querida sogra, ele não dispensou os equipamentos de segurança. A véia deve estar chegando hoje na África, segundo indicações do GPS embutido na bóia.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Repercute nos EUA paralisação na Kraft em defesa da vida de operários

AVISO DE PAUTA PARA QUARTA-FEIRA, DIA 28, ÀS 7 HORAS

Trabalhadores vão parar Contorno Sul nesta quarta-feira
Repercute nos EUA paralisação na Kraft em defesa da vida de operários

Nesta quarta-feira, dia 28, das 7h às 9h da manhã, os trabalhadores e familiares das vítimas que morreram atropeladas em frente à fábrica de chocolates da Kraft, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), vão fechar a BR/Contorno Sul para reivindicar a construção de uma passarela no local. A manifestação está sendo organizada pelas seis centrais sindicais do Paraná, que também reivindicará no protesto a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais.

De acordo com José Agnaldo Pereira, presidente da Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB), seção Paraná, o protesto dos trabalhadores da Kraft, que prometeram na semana passada entrar na Justiça contra o prefeito Beto Richa (PSDB) para responsabilizá-lo pelos atropelamentos na região, teve repercussão internacional. Segundo ele,“a matriz nos Estados Unidos mostrou-se preocupada com as mortes de operários da fábrica por atropelamentos na rodovia”, disse o dirigente da CTB.

Para Célio “Bolinha” das Neves, diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Kraft (Sintrafucarb) e membro da CTB no Paraná, os operários da fábrica de chocolates estão empenhados também na luta pela redução da jornada de trabalho. “Isso significará melhor qualidade de vida e mais empregos com a carteira assinada”.

Bolinha disse que cerca de 130 mil novos empregos serão gerados no Paraná e 2,2 milhões em todo o país.

SERVIÇO:
Trabalhadores vão parar Contorno Sul nesta quarta-feira
Dia 28 de maio, das 7h às 9 h da manhã
Local: Fábrica de chocolates Kraft
Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 13300 (Contorno Sul) - CIC
Contato com presidente da CTB: José Agnaldo Pereira (41) 9947-9350 e (41) 3246-8636
Contato com Célio “Bolinha das Neves” (41) 9932-9178 e (41) 3246-8636

A farra da publicidade da prefeitura de Curitiba acaba no elevador: R$ 24,4 milhões


No mínimo estranho: espie o aditivo a contrato publicado pelo Diário Oficial do Município do último 06/05/2008 e que reproduzimos no post abaixo.



Mas antes, preste atenção:


Para um termo aditivo, o valor contratado é bem salgado, R$ 25 milhões;

O contrato original deve ser gigantesco, já que a lei limita em 25% o valor aditivo sobre o valor do contratado originalmente.
O termo aditivo tem como objeto a prorrogação do contrato de manutenção de elevadores;
Mas as empresas "contratadas" são agências de publicidade.

Nesta terça-feira, a administração do Beto, o Breve, vai prestar contas em audiência pública na Câmara de Curitiba. O presidente da Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização, vereador Luiz Ernesto (PSDB), convocou a sessão para terça-feira, das 14h às 16h, no auditório do Anexo II. Segundo o parlamentar, o Executivo “vai demonstrar e avaliar o cumprimento das metas fiscais do primeiro quadrimestre deste ano”. A prestação de contas atende determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Uma boa oportunidade para os vereadores, colegas jornalistas ou alguma alma penada do povo cobrar explicações sobre este negócio. Confira a publicação no Diário Oficial do Município página 32. Corra, antes que tirem do ar.

Manutenção de elevadores!

EXTRATO DE CONTRATO
Partes: MUNICÍPIO DE CURITIBA
BY VIVAS – AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA
LTDA, C.C.Z. PUBLICIDADE E MARKETING S/C LTDA.
EXCLAM PROPAGANDA S/S, MASTER PUBLICIDADE S.A. e
VISÃO PUBLICIDADE LTDA.

Objeto: Aditivo n° 16454/04 ao Contrato para Prestação de

Serviços celebrado em 01.03.06 de Manutenção de Elevadores.
Prorrogação de Prazo por 12 (doze) meses.

Data: 29.02.08
Valor: deste Aditivo R$ 24.048.666,66 (vinte e quatro milhões,
quarenta e oito mil, seiscentos e sessenta e seis reais e
sessenta e seis centavos)

D.O. 06/05/2008)

Contribuinte, você paga a hospedagem!

FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA - FCC
EDITAL ...Nº 046/2008
TOMADA DE PREÇOS...Nº 002/2008
A Fundação Cultural de Curitiba, comunica aos interessados, que fará
realizar TOMADA DE PREÇOS, cujo Edital assim se resume.
OBJETO:”Serviço de hospedagem, com estimativa média mensal
de utilização de 36 (trinta e seis) diárias entre singles e duplos, de
acordo com a necessidade, para os eventos produzidos diretamente
pela FCC, incluindo café da manhã, almoço e jantar”, pelo período
de 12 (doze) meses, conforme especificações contidas no presente
Edital ”.
DOCUMENTAÇÃO E PROPOSTAS: Serão recebidas até o dia 21 de
maio de 2008 às 12:00 horas, no seguinte endereço:
Rua Engenheiros Rebouças, 1732 – Protocolo – Térreo – Rebouças -
Curitiba - Paraná.
ABERTURA DE ENVELOPES: A sessão de abertura dos envelopes
acontecerá no dia 21 de maio de 2008 às 14:30min, no mesmo endereço
– Sala de Licitações da FCC.
EDITAL : Poderá ser obtido junto à Fundação Cultural de Curitiba –
Coordenadoria Administrativa, situada no mesmo endereço no horário
das 08h30min às 12:00h e das 13:30h às 18:00h, em dias úteis, ao custo
de R$ 10,00 (dez) reais.
Curitiba, 29 de abril de 2008.
PAULINO VIAPIANA-PRESIDENTE

Contribuinte, você paga o almoço e o jantar!

SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO
PREGÃO – NSA/P - SGM
EDITAL DE RESULTADO E JULGAMENTO
PREGÃO ELETRÔNICO Nº 125/2008 - SGM
OBJETO: SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE ALMOÇO para 65
pessoas.
CRITÉRIO: menor preço.
O Pregoeiro torna público a quem interessar possa, que o Item vencido
e, devidamente classificado para a empresa abaixo, no Pregão Eletrônico
nº 125/2008 SGM é:
ALMEIDA EVENTOS E PRODUÇÕES LTDA - ME
Item 1 19574 SERVIÇO, FORNECIMENTO DE ALMOÇO/JANTAR
Sendo Fornecimento de refeições para 65 pessoas, conforme cardápio
anexo.
Valor Unitário: R$ 1.625,0000 Quantidade: 1
Valor Total: R$ 1.625,0000
Valor total da empresa: R$ 1.625,0000.
Itens não adquiridos: 0
TOTAL GERAL DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 125 / 2008 - SGM - R$
1.625,0000
Para cumprir as formalidades legais, manda afixar este Edital em
mural próprio.
Em, 5 de maio de 2008
TEREZA CRISTINA PACHECO TYRKA-PREGOEIRA

É ou não é atravessada mesmo? Veja este modelito de concurso de biquini no Japão

"Pobre não entra": a estupidez que vai acabar com o shopping Palladium

O mercado tem suas leis imponderáveis, principalmente numa tarde de domingo. Uma delas diz que há duas coisas que não gostam de andar muito: mula cansada e freguês. Não é só construir um shopping e esperar que os ricos da cidade caiam matando nas compras. Curitiba está cheia de opções e a comodidade, traduzida pela proximidade, ainda conta.

E foi a proximidade que levou um grupo de 150 adolescentes das regiões mais pobres da cidade a querer conhecer o novo shopping. Aliás, o Palladium está no caminho deles. Acostumados com madames e mauricinhos, a direção do shopping ficou assustada com o visual da turma da periferia: bermudas largas e camisetas de times de futebol.

Inicialmente, não houve provocação por parte dos jovens, somente cagaço da administração do Palladium, que barrou aquela "gentalha" que ousava visitar o novo templo de consumo.

Resultado: protesto e mais pontos negativos ao shopping que já nasceu errado, sem alvará e agora, sem respeito para com os mais humildes.

A versão do Palladium de que a turma estava com o "tubão", mistura de refrigerante com bebida alcoólica, e isto poderia gerar tumultos é de um simplismo que beira à estupidez, quando não, a mais pura discriminação.

Quem anda pela periferia sabe que a grana dos adolescentes é curta. Se os maurícios e patrícias podem consumir bebidas mais caras e vestir roupas de grife, os jovens da periferia compartilham o "tubão", vestem-se de forma simples e contentam-se apenas em ver o que não podem comprar. Um passeio de duas horas para eles é suficiente para sonhar com o consumo proibido.

E neste domingo, até mesmo o sonhar foi proibido. Sonho, agora tem preço e o sonhador tem que estar com roupa de grife e apresentar na entrada do shopping um belo cartão de crédito com suas listas de compras.

sábado, 24 de maio de 2008

Do direito de ralar a escova e algumas considerações sobre a mulher-mercadoria



Centenas de manifestantes participaram na tarde deste sábado da 4ª Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo. O evento antecipou a Parada Gay, que aconteceu neste domingo na Avenida Paulista, em São Paulo. Entre as reivindicações das mulheres está o direito de serem lésbicas e a defesa do estado laico que já está assegurado pela Constituição, com independência entre a religião e o Estado. Os manifestantes também lutam contra a mercantilização do corpo das mulheres.
"Uma das grandes questões de opressão nessa sociedade é tratar a mulher como uma mercadoria. As mulheres ainda, de uma maneira geral, estão nas tampinhas de garrafas para vender a cerveja, estão mostrando peitos e bundas para vender carros. Não queremos que o nosso corpo seja usado como uma mercadoria", disse uma das organizadoras.


Do direito:

1. Não temos nada contra o rala-e-rola;

2. "Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é." traduzindo: cada um sabe onde arde e dói;

3. Realmente, o Estado não pode ter religião, o povo talvez possa;

4. Em Estados democráticos a minoria pode espernear, mas deve se submeter à maioria enquanto ela assim se constituir.

Das considerações:

Quanto a questão da "'mercantilização" da mulher, tema recorrente para as feministas, lésbicas e afins, temos a considerar que o termo é usado de forma imprópria:

1. Sob o ponto de vista da teoria marxista, uma mercadoria tem pelo menos dois predicados: valor de uso e valor de troca.

2. Usar a si mesmo, ou a si mesma, sem se submeter a uma troca, não tem sentido no mercado onde se negocia a mercadoria.

Decorrente desta realidade de mercado impossível, e os poetas sabem disso, o amor não se configura como mercadoria, porque, quando verdadeiro, só tem valor quando doado. Só, o amor, por si só e a si só, de nada vale;

3. Uma mercadoria no mercado, quando negociada, remunera a Mais Valia; se há Mais Valia, há de se ter um beneficiário. Neste caso, remunera-se a carne, jamais o amor.

4. E qual é a diferença entre aquele(a) que casa por interesse - artimanha muito comum em nossos dias - e aquele(a) que se prostitui? Não constituem essas pessoas verdadeiras mercadorias?

Questões:

A mulher, ou homem que, por conta e gosto, resolver mostrar caras, bocas, bundas, etc, para promover certo tipo de mercadoria, pode ser também uma mercadoria? Agrega valor à mercadoria? E como esse valor agregado poderia ser medido?

Sob o ponto de vista puramente capitalista (e aqui trocamos a palavra "mercadoria" por "bem"):

1. Só há sentido na negociação de um bem caso ele proporcione ao seu vendedor lucro, ou benefício, e satisfaça a necessidade do tomador.

2. Os bens estão submetidos à lei da Oferta e Demanda (ou Procura);

3. Se os homens consomem mais cerveja - ou seja, a cerveja sofre um acréscimo na quantidade demandada - por causa de uma imagem de mulher na tampinha da garrafa, significa que a oferta de mulheres, principalmente as que gostam de homens, está aquém da oferta. Mulher como deveria ser e bonita, só na tampinha. Em outras palavras, o mercado está fora de seu ponto de equilíbrio ideal em que a oferta deveria corresponder à procura.

4. A causa de todas nossas tragédias econômicas está na má administração dos recursos, sempre escassos, para satisfazer as nossas necessidades, sempre crescentes.

5. Na visão desta representante das lésbicas, a foto do Maguila na tampinha de garrafa venderia cerveja. Ou talvez a foto dela mesmo.

Portanto:
Chega de mulher mercantilizada e impressa;
Precisamos ver mulheres bonitas por todo tempo, por toda hora e lugar e não só nas tampinhas de garrafa de cerveja.
Aumentem a oferta de mulher in natura e a mercantilização deixará de existir.


Desculpe-me, mas anônimos só sem medo


O titular deste blog está devidamente identificado, portanto, só aceitaremos palpites anônimos depois de rígida avaliação dos acionistas do blog.
Aqueles, e são muitos, que por medo de perseguição, safadeza mesmo, ou outras modas de ameaças de demissão de nossas repartições públicas, por favor continuem mandando e-mails. De resto, o anonimato é coisa do demo.

Att.

A diretoria

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Táxi mais caro, ou como esconder notícias importantes no meio de um feriado


A turma do Beto, o Breve, já encontrou um jeito de esconder notícias importantes e de interesse do povo. A tarifa do táxi aumenta amanhã, mas para não correr o risco do desgaste, a Prefeitura usa o feriado. Assim o usuário desatento não tem como protestar. Esta tática é velha e foi muito usada pelas ditaduras Vargas e Militar contra os sindicatos.

A Bandeira 1 passa de R$ 1,60 para R$ 1,80 e a Bandeira 2, de R$ 2,00 para R$ 2,10. A desculpa: a elevação dos preços dos combustíveis.

Sobre o tempo em que os motoristas de táxi estão perdendo nos engarrafamentos e o gasto com o combustível e a perda de passageiros, a Prefeitura preferiu ignorar.

Deputado aponta especulação imobiliária na Linha Verde e prevê o caos em Curitiba


O deputado estadual Cleiton Kielse (PMDB) pretender convidar os engenheiros da URBS, técnicos em trânsito e outros profissionais para debater a obra que pode ocasionar o maior caos da história do trânsito do Paraná: a Linha Verde, trecho na Região Metropolitana de Curitiba da BR-476, antiga BR-116, entre o Atuba e o Pinheirinho. O parlamentar assinalou ainda que a mudança imobiliária no trecho não pode ser fator determinante para manter os erros do projeto original.

"Queremos entender e que seja justificado o porquê de não aceitarem as mudanças que estou propondo, com adesão do sindicato de taxistas, motoristas de ônibus, transportadoras e de centenas de cidadãos que já se manifestaram apoiando o projeto", explicou Kielse. Segundo o deputado, a busca por parcerias e recursos com o governo do Estado e o governo federal mostram que seu objetivo não é atrapalhar a Linha Verde. "Quero ajudar a solucionar o congestionamento permanente e também o futuro, que vai ser muito pior".

Kielse aponta que a ausência de trincheiras e viadutos e a instalação de mais semáforos no trecho irão travar o trânsito, principalmente em horários de pico. "Querem transformar a BR numa avenida como a Visconde de Guarapuava, mas ninguém calculou o volume de tráfego nem fizeram os estudos necessários", explicou o parlamentar. O projeto original da Linha Verde não prevê a construção de trincheiras, viadutos nem alças de passagem aos já existentes.

A explicação do deputado é confirmada pelo relatório do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), divulgado na última semana em plenário da Assembléia Legislativa. O documento do órgão federal aponta 43 irregularidades no projeto do Eixo Metropolitano e sugere 53 modificações, incluindo a construção de viadutos e trincheiras nos cruzamentos necessários. "A BR não pode ser transformada numa avenida só ao bel prazer por causa de especulação imobiliária. Em pouco mais de um ano, teremos o maior congestionamento do Brasil num trecho de BR quer corta uma cidade", alertou Kielse.

O deputado afirmou que pretende resolver o problema através de discussões e sem pretensões de ocasionar um embate político com o prefeito Beto Richa. "Minha posição é embasada num problema viário da Região Metropolitana de Curitiba, independente de quaisquer questionamentos de ordem partidária. Mas não posso fechar os olhos enquanto os problemas da Linha Verde e o aumento do fluxo de veículos na capital paranaense por ano, o maior de todas as capitais brasileiras, causarão problemas ainda maiores caso as soluções não sejam colocadas em prática", esclareceu Kielse.

Kielse explicou que as obras devem ser interrompidas o mais rapidamente para realizar as adequações necessárias. "Nosso projeto é viável, já que usaríamos a obra que está iniciada para adaptar as mudanças. Não queremos que tudo seja destruído depois de pronto, o que seria um desperdício de dinheiro público e uma irresponsabilidade ainda maior por parte da Prefeitura de Curitiba", finalizou.

Em três anos, Curitiba passa de capital ecológica à capital da mutreta imobiliária


Curitiba está um canteiro de obra. Você já deve ter percebido isso, seja nas obras viárias ou na construção civil. No meio de áreas verdes, cada vez mais surgem casas, prédios e estabelecimentos comerciais. O volume de alvarás para novas construções (residenciais e não residenciais) na capital atingiu, no primeiro trimestre deste ano, 610,5 mil metros quadrados, um aumento de 54% em relação ao mesmo período de 2007. Com o aumento das construções, como fica o meio ambiente?Para o doutor em Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Paraná, Eduardo Gobbi, na medida em que a cidade expande, é natural que o espaço verde vá sendo reduzido. “A discussão que surge é se pretende-se que a cidade chegue ao limite que o plano diretor permite, de 6 milhões de pessoas. A gente quer isso? Se não for isso, a sociedade tem que se mobilizar”, diz. Leia mais... na Gazeta do Povo, hoje.

Pulacatraca denuncia a conversa para boi dormir da Prefeitura de Curitiba


A prefeitura e as empresas que exploram o serviço de transporte coletivo em Curitiba começaram mais uma campanha para fazer boi dormir. Querem convencer os curitibanos a serem gentis e cordiais, mais do que já são!

Ora, gentileza nos olhos dos outros é refresco! O que eles querem mesmo é exaltar a cordialidade de carneiro do povo curitibano, para que não questione nada. É uma forma de fugir ao debate do passe escolar livre e dos péssimos salários que motoristas e cobradores de ônibus recebem; também é um subterfúgio para não debater a insuficiência do sistema de transporte coletivo, que está saturado e não tem criativade que o faça renascer das cinzas.

A campanha pela gentileza seria verdadeira se a prefeitura utilizasse os recursos das multas eletrônicas, que é uma indústria à parte, para financiar o passe livre em Curitiba e aumentar os salários de motoristas e cobradores. Leia mais...

Chega de conversa para boi dormir. Mais trabalho e menos "embromations"!

Lá um procurador, aqui um procurado


"Bonilha assume prefeitura de Curitiba"

Quando eu li esta manchete do jornal O Estado do Paraná, fiquei arrepiado, e olha que sou macho desde criancinha e não costumo ter estas reações afrescalhadas.
Fui ler a matéria e percebi que o Bonilha de lá não é o Bonilha de cá. Ainda bem.
Ivan Bonilha é Procurador Geral da Prefeitura de Curitiba. Enquanto que o Orlando Bonilha de cá, é o procurado pela Justiça. Leia mais no Paçoca com Cebola.

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Ministério Público pede fechamento do Shopping Palladium


O prefeito Beto, o Breve, é o cara: nunca foi tão fácil magnata dos shoppings ter alvará em Curitiba:
Depois de recorrer à Justiça, de onde ainda aguarda um posicionamento, o Ministério Público do Paraná (MP-PR) requereu à Prefeitura de Curitiba o imediato fechamento do Shopping Palladium, no bairro Portão, e a anulação do alvará de funcionamento. A recomendação administrativa do MP-PR foi expedida nesta quarta-feira (21) e dá um prazo de 24 horas - a contar a partir da notificação - para que a administração municipal se manifeste.
No documento, os promotores de Justiça sustentam, entre vários pontos, que o alvará foi concedido de forma ilegal e que o prédio não apresenta as devidas condições de segurança para permanecer em funcionamento - apesar de o estabelecimento ter sido inaugurado no último dia 9. Os promotores alegam que o empreendimento não possui Certificado de Vistoria de Conclusão de Obra (CVCO), o que significa uma situação "temerária e notoriamente irregular a sua utilização e ocupação, especialmente porque se trata de local de grande circulação de pessoas".
A recomendação administrativa é assinada pelos promotores Maximiliano Ribeiro Deliberador, Cláudio Smirne Diniz e por Adriana Vanessa Rabelo Camara - das Promotorias de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público e de Defesa do Consumidor de Curitiba. (Gazeta do Povo, hoje).

quarta-feira, 21 de maio de 2008

O jogo dos doadores de campanha VII

Em 2004, o prefeito Richa, o Moço, declarou ao TRE R$ 4.167.472,00 gastos na campanha. Só para refrescar a memória, estamos publicando os que figuram como doadores. A lista é longa, por isso vamos por partes. (Ufa, esta é a 7ª e última!). Notem que alguns nomes faziam parte da campanha do Beto, mas em vez de ganhar salários, eles doavam. Que maravilha! Que maravilha, TRE!!!

O jogo aqui é simples: ganha quem conseguir apontar o maior número de doadores ou parentes de doadores empregados na prefeitura, ou ainda, a empresa que tem ou teve o maior número de contratos com a atual administração. Fontes de consulta: Diário Oficial do Município, sites, jornais e o próprio TRE.

PATRÍCIA RODRIGUES ESMANHOTO R$ 3.000,00
PEDRO GUNHA R$ 2.500,00
ADRIANA RIBEIRO R$ 2.000,00
EDÍLSON GONÇALVES DA SILVA R$ 2.000,00
MAGISTRAL IMPRESSORA INDUSTRIAL LTDA. R$ 2.000,00
JANAÍNA LOPES GEHR R$ 2.000,00
RUBENS HAMMERSCHMIDT R$ 2.000,00
SÍLVIA PALOMBO R$ 2.000,00
CHECKDOOR PAINÉIS E CARTAZES LTDA. R$ 1.800,00
ÉLIO CLAUDINO MACHADO R$ 1.800,00
J.R.F. PUBLICIDADES LTDA. R$ 1.680,00
GETTI EMPR. TURÍSTICOS E IMOB. R$ 1.500,00
JOSÉ LOPES IZAR R$ 1.500,00
MULTI SIGN DO BRASIL LTDA. R$ 1.497,00
COCELPA - CIA DE CELULOSE E PAPEL DO PARANÁ R$ 1.438,00
LEÃO JÚNIOR S/A R$ 1.004,00
JOSÉ CARLOS BATISTA R$ 1.000,00
PEDRO FRANCISCO BONATO NETO R$ 1.000,00
CÉSAR AUGUSTO SELEME KEHRIG R$ 1.000,00
PREMTISS QUINICA LTDA. R$ 1.000,00
VEICULADORA PAINÉIS LTDA. R$ 756,00
OSVALDIR BENATO R$ 600,00
ADEMIR STOCO R$ 200,00
FAMA COMUNICAÇÕES, COM. E IND. LTDA. R$ 120,00

Imbecil & Beócio

Imbecil - O prefeito diz que a venda de veículos financiados em longas prestações é que está causando problemas de trânsito em Curitiba.

Beócio - Ser pobre é uma m... A hora que o cara tem emprego, salário e compra um carrinho para passear com a patroa e os barrigudinhos, logo vem alguém dizendo que tem que voltar a andar de busu.

Imbecil - Quero ver a turma do prefeito dando o exemplo: o neguinho no terminal caindo aos pedaços às cinco horas da matina; a chaleira velha bombando; cheiro de tudo, marmita na cabeça, batedor de carteira... Eh, vida!

Realmente, seria um fenômeno o Beto andar de ônibus em Curitiba

Release reproduzido pela nossa imprensa:
O prefeito Beto, o Breve, fez palestra para 400 alunos e professores do Centro Universitário Curitiba (UniCuritiba) sobre desenvolvimento urbano e gestão de cidades. O prefeito falou, respondendo perguntas dos estudantes, sobre as medidas que estão sendo adotadas pela Prefeitura para melhorar o trânsito na cidade, como a reorganização do sistema viário, melhoria e ampliação do sistema de transporte e ampliação da rede de ciclovias. "Estamos trabalhando para melhorar o trânsito agora e no futuro", disse. O prefeito disse que a explosão na frota de trânsito é um fenômeno registrado não só em Curitiba, mas em todo o país. "Ficou mais fácil comprar carro, são prestações a perder de vista. Mas nós estamos investindo em novas ligações viárias, na melhoria das ruas e do transporte para que as pessoas deixem seu carro em casa e andem de ônibus".

Realmente, muita informação para nossos universitários.

Paçoca com cebola

O governo federal está morrendo de vontade de que a CPMF retorne. Porém, não quer assumir o ônus de apresentar um projeto assim. Mas, como sempre tem um baba-ovo à disposição para o serviço sujo, está incentivando seus aliados a apresentarem o projeto.
Só para lembrar a maldade da situação, recentemente, para compensar a perda da CPMF, o governo aumentou as alíquotas do Imposto sobre Operações Financeiras, o famoso IOF.
Ou seja, além de ter aumentado substancialmente a arrecadação com o IOF reforçado, agora quer mais um, a CPMF.

O deputado tucano Alfredo Kaefer, do Paraná, afirma que Governo deveria reduzir gastos. “Estamos buscando a diminuição dos tributos com a Reforma Tributária. Se o Governo precisa de mais verbas deveria diminuir custos e cortar da própria carne”,disse. Leia mais no blog do jornalista Cláudio Osti.

terça-feira, 20 de maio de 2008

Ipsis litteris: trabalhadores vão denunciar Beto Richa no Ministério Público

Sindicato vai ao Ministério Público e promete fechar Contorno Sul no dia 28 de maio para preservar vidas de operários

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Kraft (SINTRAFUCARB), José Agnaldo Pereira, informou nesta terça-feira (20) que a entidade vai denunciar o prefeito Beto Richa ao Ministério Público para responsabilizá-lo diretamente pelos atropelamentos e mortes ocorridas nas proximidades da fábrica de chocolates, localizada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

O líder sindical também adianta que os trabalhadores da Kraft deverão paralisar as atividades no próximo dia 28 de maio, fechando o Contorno Sul por tempo indeterminado, quando, juntamente com os demais operários da região, cruzarão os braços pela redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais.

“Queremos a redução da jornada de trabalho e uma passarela para salvar a vida de operários, que morrem atropelados constantemente na região”, reivindica José Agnaldo Pereira.

Na denúncia que o SINTRAFUCARB encaminhará ao Ministério Público será anexado um e-mail trocado entre o sindicato e o secretário de Governo, Maurício Ferrante, datado de 30 de janeiro de 2007, que, segundo José Agnaldo Pereira, foi desprezado. “Talvez as vidas que foram perdidas nos últimos tempos não tenham muita importância para a prefeitura, mas para nós e para as famílias das vítimas elas são muito valiosas”, criticou.

O presidente do SINTRAFUCARB disse ainda que a entidade reuniu-se várias vezes com representantes da prefeitura, da Kraft e do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) na busca de uma solução para o problema das mortes por atropelamentos, no entanto, “os representantes do prefeito e do DNIT sempre enrolam, como atesta o e-mail do ano passado, e por isso estamos recorrendo ao Ministério Público num ato de desespero em defesa da vida”.

Além do prefeito Beto Richa, o sindicato promete também acionar na Justiça o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), que estaria fazendo um jogo de empurra-empurra com a prefeitura e eximindo-se da responsabilidade com a segurança dos transeuntes na região da CIC.

Serviço:

Prefeito será denunciado ao Ministério Público por atropelamentos na BR

e Paralisação no dia 28 de maio, às 7 horas da manhã, em frente à Kraft

Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 13300 (Contorno Sul)

Contato com presidente do SINTRAFUCARB: José Agnaldo Pereira (41) 9947-9350 e (41) 3246-8636.

Imbecil & Beócio

Imbecil e Beócio dão milho aos pombos enquanto filosofam:

Imbecil
- Sabe, amado discípulo, esta história do Lerner e seus aloprados lembra-me a de um amigo que foi abandonado na porta do motel pela mulher que ele achou que estava no papo...

Beócio - Perdão amado guru. Aqui do meu pombal eu não consigo encontrar elementos de congruência nestas histórias.

Imbecil - Pobre discípulo, elementar: a mulher foi levada e não finalizada; o dinheiro foi subtraído e vai ter que ser devolvido.

Beócio - Isso! A incompetência é o elo, adorado mestre.

Em Londrina , também temos gênios "escrevendo" para a Prefeitura


Parabéns à Prefeitura de Londrina pelo pioneirismo contido neste release de seu "núcleo de comunicação":

O prefeito de Londrina, Nedson Micheleti, e a diretora executiva do Consórcio Intermunicipal do Médio Paranapanema (Cismepar), Ogle Beatriz Bacchi, assinaram hoje (dia 19), pela manhã, contrato no valor de R$ 943 mil mensais, que garantem a ampliação dos serviços do ambulatório do consórcio e do atendimento nos hospitais Anísio Figueiredo (Zona Norte) e Eulalino de Andrade (Zona Sul). O ato foi testemunhado pelo secretário de Estado da Saúde, Gilberto Martin; pela secretária municipal de Saúde, Marlene Zucoli; pelo chefe da 17ª Regional de Saúde, Adilson Castro; pela coordenadora da Região Metropolitana de Londrina, Elza Correia, prefeitos e secretários de saúde da região.

Testemunhado! Jamais li ou ouvi ou escutei isso em qualquer matéria destinada à imprensa. Leia mais no blog do Pedriali

Protesto: Curitiba ignora seus melhores conselheiros e forma Conselho Paralelo

Com pompa e circunstância, o prefeito Beto, o Breve, deu posse aos 30 conselheiros da cidade, um tal de Concitiba. O Magna Curitiba protesta contra esta usurpação e a posse dos conselheiros.

Essa função na cidade sempre foi exercida pelo jornalista Luiz Geraldo Mazza (na foto da Academia Paranaense de Letras) e pela Confraria da Boca Maldita, em caráter vitalício e de forma competente.

Qualquer outro conselho constitui uma tentativa de dividir a opinião da capital paranaense para levar adiante posições anti-Curitiba, anti-Paraná, anti-povo, anti-democracia e anti-Brasil, enfim, anti-tudo.

Shopping Palladium, mais um exemplo do desmando da administração do Beto, o Breve

Os 'incentivos' concedidos pelo prefeito Beto Richa (PSDB) não foram suficientes para garantir o funcionamento do Shopping Palladium no bairro Portão em Curitiba. Ontem o Ministério Público (MP) entrou na Justiça com pedido de interdição do empreendimento. No entendimento do promotor de Justiça Maximiliano Ribeiro Deliberador, da Promotoria de Defesa do Consumidor, que assina o pedido de reconsideração, "o Shopping Center Palladium continua expondo a risco os consumidores". E pede a interdição até que o shopping apresente laudo e certificado de vistoria do Corpo de Bombeiros. Leia mais no Boca Maldita.

Ministra Marta e Ricardo Teixeira jogam para escanteio Curitiba. Nada de Copa em 2014


O Magna Curitiba já havia adiantado, a CBF não está nem aí com a possibilidade de Curitiba ser uma das sedes da Copa de 2014. Ricardo Teixeira fala de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e algumas capitais do Nordeste. Para ele, Curitiba não existe.

Para completar o esquecimento, a ministra do "relaxa e goza", Marta Suplício, excluiu a capital paranaense do bolo das nove cidades que repartirão de R$ 38,5 bilhões para melhorias do transporte já pensando na Copa.

A lista das cidades beneficiadas pelo governo Lula é a mesma que Ricardo Teixeira tem no bolso, conforme adiantamos no último 5 de maio (clique aqui e leia a nota).

A lista de Marta contempla: São Paulo, Rio de Janeiro/Niterói, Belo Horizonte, Porto Alegre, Fortaleza, Recife/Olinda e Natal.

A Prefeitura de Curitiba fez o que sempre faz, desconversou na base do "sei lá entende". De acordo com a Gazeta do Povo (hoje) "o secretário do Turismo da capital paranaense, Luiz de Carvalho, procurou encarar o fato de maneira positiva. Para ele, foram escolhidas para receber o investimento as cidades já garantidas no Mundial e as que têm problemas mais crônicos no setor. “Curitiba é referencial em transporte há muito tempo, está à frente dessas cidades. Elas precisam de investimentos mais emergenciais”, falou, assegurando estar confiante no sucesso da candidatura".

Em que mundo o senhor Luiz de Carvalho vive, caros torcedores paranaenses?

MP cita Beto Richa em caso de corrupção e desvios de dinheiro público da era Lerner

Corrijam-me caros doutores, caso o enunciado e conceito não estejam corretos; creio que estão: formação de quadrilha, segundo o art. 288 do Código Penal, é "associarem-se mais de três pessoas, em quadrilha ou bando, para o fim de cometer crimes".

A pergunta é, levando-se em consideração a denúncia do MP: havia ou não havia uma quadrilha comandada por Lerner no caso Ovelpar?

Pois bem, na denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o ex-governador Jaime Lerner e o conselheiro do Tribunal de Contas, Heinz Herwig, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), por envolvimento na operação de compensação de créditos entre a Copel e a empresa Olvepar, outros nomes da política paranaenses são citados como beneficiários dos recursos que teriam sido desviados.

Conforme consta da transcrição de trecho de depoimento incluído na denúncia, parte dos recursos teriam sido destinados ao presidente estadual do PSDB, deputado estadual Valdir Rossoni, ao presidente da Comissão e Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa, Durval Amaral (DEM), ao ex-deputado e conselheiro Hermas Brandão, ao conselheiro aposentado e atual Secretário da Casa Civil, Rafael Iatauro, assim como ao empresário Silvio Name e ao ex-secretário especial de governo Guaraci Andrade.

Consta dos depoimentos, que o conselheiro Herwig teria sido o responsável pela distribuição de quantias não especificadas para atender a compromissos pessoais com os deputados, o empresário e o ex-auxiliar de Lerner. O trecho faz ainda uma menção ao prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB). Herwig teria feito repasses destinados a atender a compromissos assumidos na campanha eleitoral de Beto, da qual foi um dos coordenadores para a campanha ao governo em 2002.

Modus operandi - A empresa Olvepar Indústria e Comércio, estava em processo de falência no último ano da administração de Lerner, em 2002. De acordo com a denúncia, mesmo assim, a Olvepar conseguiu do então secretário estadual da Fazenda Ingo Hubert a compensação de um crédito de ICMS, originalmente no valor de R$ 45 milhões, cujo pagamento havia sido negado pela Justiça e desaconselhado pela Receita Estadual. O pagamento, no valor total de R$39,6 milhões, foi feito ao credor da massa falida da empresa que, segundo a denúncia, teria repassado os recursos a terceiros, com base em parecer do conselheiro Herwig, do Tribunal de Contas, liberando a operação.

O Ministério Público Federal afirma que houve fraude no reconhecimento dos créditos e que os recursos foram usados para“...pagar propina a deputados estaduais aliados do governador, e a custear campanha política a Governador, Senador, Deputado Federal e Deputado Estadual”. (Informações de O Estado do Paraná).

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Da FAS para os 2 mil moradores de rua de Curitiba que "sofrem de desesperança"


Como vai você ?
Eu preciso saber da sua vida
Peça a alguém pra me contar sobre o seu dia
Anoiteceu e eu preciso só saber
Como vai você ?
Que dorme na rua ou na avenida
Razão de minha FAS já esquecida
Nem sei se gosto mais do holerit ou de você

Vem, que a sede da FAS te faz melhor
Eu quero amanhecer ao seu redor
Preciso tanto te fazer feliz

Vem, deixe a rua para depois
Vem que na FAS tem feijão e arroz
Eu só preciso saber
Como vai você

Como vai você ?
Que dorme na rua ou na avenida
Razão de minha FAS já esquecida
Nem sei se gosto mais do holerit ou de você

Vem, que a sede da FAS te faz melhor
Eu quero amanhecer ao seu redor
Preciso tanto te fazer feliz

Vem, deixe a rua para depois
Vem que na FAS tem feijão e arroz
Eu só preciso saber
Como vai você
Obs: FAS, Fundação de Ação Social de Curitiba, órgão da Prefeitura de Curitiba.

Clique aqui e leia também: Em Curitiba só é pobre quem quer ser pobre.

Boiola ou candidato a corno?



Confesso que duvidei. Foi numa aula de Psicologia, na UFPR, há muitos anos. O professor, não lembro o nome dele, nos explicava Freud: "libido - os humanos nascem polimorficamente perversos..." E lá pelas tantas o professor diz com todas as letras: "ir ao campo de futebol para ver marmanjo de calção é coisa de boiola".

Parece que o veterano mestre tinha razão e isso sem conhecimento desta pesquisa publicada no G1:

"A chegada de dois grandes eventos esportivos do ano - a Eurocopa em junho e as Olimpíadas em agosto - pode ser motivo de preocupação entre namoradas de torcedores na Europa. Uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira indica que seis de cada dez europeus preferem ver um jogo de futebol a ter relações sexuais. Os suecos foram os que confessaram mais fanatismo pelo esporte e menos interesse pelo sexo: 95% dos entrevistados responderam nunca ou quase nunca trocariam uma partida de futebol por uma relação sexual. Os espanhóis aparecem em segundo lugar na lista dos que deixam o sexo para mais tarde: 72% admitiram que entre o futebol e as relações sexuais, preferem ver os jogos mesmo que seja pela televisão."

"Mostla pilulito michalia e é pleso"


Um repórter de televisão foi detido por mostrar suas partes íntimas numa rua de Tóquio nesta manhã de quinta-feira (dia 15) , disse a polícia.
Mitsunori Shimamoto, 29 anos, repórter do departamento de notícia da TV Asahi, foi acusado de atentado ao pudor.
O jornalista desculpou-se sobre o incidente.

"É de fato lamentável que um jornalista tenha sido preso por um incidente deste tipo," disse um funcionário da televisão.
Shimamoto expôs suas partes privadas a uma jovem de 20 anos, perto da Interseção de Omotesando no distrito de Minami-Aoyama de Minato-ku na manhã de quinta-feira, segundo os investigadores. Os agentes da polícia que estavam em patrulha, dominaram o acusado e o prenderam em flagrante. Veja mais no blog do Takeo.

Demorou, hein?

MPF denuncia Lerner e Heinz por
apropriação de dinheiro público

Caso envolvendo ex-governador e conselheiro do Tribunal de Contas do Paraná está no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Mais...

Vereador preocupado com recém-nascidos


Quem não está, vereador, quem não está!!??



Projeto apresentado pelo vereador Paulo Salamuni (PV) prevê a implantação de equipamentos de segurança que alertem a saída de recém-nascidos e crianças dos hospitais e maternidades de Curitiba. A idéia do parlamentar é colocar sensores de alarme nos bebês e crianças internadas, que só poderão ser retirados por pessoas autorizadas. “Assim, todas as portas de entrada e saída conterão dispositivos que acionam automaticamente o alarme caso a saída não seja autorizada.”
Com a proposta, Salamuni pretende proteger a sociedade de casos de desaparecimento de crianças e troca de recém-nascidos, “que têm se tornado verdadeira tragédia para as famílias e pessoas envolvidas.”

O jogo dos doadores de campanha VI


Em 2004, o prefeito Richa, o Moço, declarou ao TRE R$ 4.167.472,00 gastos na campanha. Só para refrescar a memória, estamos publicando os que figuram como doadores. A lista é longa, por isso vamos por partes. (Esta é a 6ª lista que publicamos). Notem que alguns nomes faziam parte da campanha do Beto, mas em vez de ganhar salários, eles doavam. Que maravilha! Que maravilha, TRE!!!

O jogo aqui é simples: ganha quem conseguir apontar o maior número de doadores ou parentes de doadores empregados na prefeitura, ou ainda, a empresa que tem ou teve o maior número de contratos com a atual administração. Fontes de consulta: Diário Oficial do Município, sites, jornais e o próprio TRE.

JORGE EDUARDO FRANÇA MOSQUERA R$ 4.000,00
GERALDO CEZAR ISGANZELLA R$ 4.000,00
MARCOS SALLES R$ 4.000,00
RAFAEL MOURA DE OLIVEIRA R$ 4.000,00
ATTÍLIO COMODO NETO R$ 4.000,00
NELSON LEAL JÚNIOR R$ 4.000,00
ANTÔNIO RICARDO ALMEIDA VARELA R$ 4.000,00
ROBERTO JINKSS R$ 4.000,00
JACSON CARVALHO LEITE R$ 4.000,00
MIGUEL JOÃO MANENTTI R$ 3.600,00
SENASUL IND. E COM. DE PLÁSTICOS LTDA. R$ 3.300,00
MILTON GONZALEZ AUGUSTO R$ 3.050,00
JOSÉ LUIZ BENZI R$ 3.000,00
JOSÉ GILBERTO NEIVA DE LIMA R$ 3.000,00
HENRIQUE GOLDENSTEIN R$ 3.000,00
SK SISTEMAS ELETRÔNICOS DE SEGURANÇAS LTDA. R$ 3.000,00
LUICIANE FUNK DE ANDRADE R$ 3.000,00
ARISTIDES GARRETT DO PRADO R$ 3.000,00
EDÉLCIO MARQUES DOS REIS R$ 3.000,00
ALUPARK ESTACIONAMENTO LTDA. R$ 3.000,00

sábado, 17 de maio de 2008

Painel denuncia vereadores


Estudantes criam painel para pressionar vereadores Inspiradas no movimento que impediu a venda da Copel, em 2001, as entidades estudantis criaram um painel virtual no blog Pulacatraca com o objetivo de pressionar e conquistar apoios dos vereadores para a implantação do passe escolar livre em Curitiba. Segundo Rafael Clabonde, presidente da União Paranaense dos Estudantes (UPES), na reunião de segunda-feira, 19, na Câmara de Vereadores, o movimento estudantil irá avisar aos parlamentares que serão instalados vários painéis em frente os terminais de ônibus e nas praças públicas da cidade. “Na internet o painel já está no ar”, disse o líder estudantil. De acordo com as entidades que defendem o passe livre, apenas seis vereadores se posicionaram a favor da gratuidade no transporte. São eles: Andenival Gomes, Pedro Paulo, Roseli Isidoro e André Passos (todos do PT); Luizão Stellfeld (PCdoB e Beto Moraes (PSDB). “Vamos manter os demais vereadores na coluna de indecisos até o dia 5 de junho, quando realizaremos uma audiência pública”, informou Clabonde, para quem “é tempo suficiente para que eles reflitam a respeito se são a favor ou contra os estudantes”. O presidente da UPES quer que a Câmara de Vereadores aprove uma lei que obrigue a prefeitura utilizar os recursos das multas eletrônicas, de estacionamento e da publicidade no mobiliário urbano para o financiamento do passe escolar livre para todos os estudantes de Curitiba. Os vereadores poderão informar como se posicionam a respeito do passe livre pelo e-mail das entidades estudantis.

Imbecil & Beócio


Imbecil - O ministro Paulo Bernardo está fulo com o senador Alvaro Dias...

Beócio - Amado mestre, o Paulo Bernardo não é marido da Gleisi, a Iludida, candidata do PT à Prefeitura de Curitiba?

Imbecil - Sim, a Gleisi também foi Diretora Financeira de Itaipu, aquela empresa que deveria ser do povo, mas que não tem as contas controladas pelo governo.

Beócio - O Alvaro apresentou um projeto no Senado exigindo que a empresa estatal preste contas...

Imbecil - Já notou, caro discípulo, que sempre tem alguém de Itaipu na coordenação financeira de alguma campanha política? E a moda começou com FHC...